Contos do Adamastor

Estorias surreais de pessoas irreais, contadas por um advogado ranzinza, carente, gentil e docil como um pequeno sagui silvestre. Nao recomendado para minorias intelectuais ou pessoas que se ofendem facilmente. Email: adamastor-em-gmail.com (sim, eu tenho um email do Google. Isso porque eu sou um nerd influente e poderoso)

25.11.04

Por onde anda



Hoje a noite eu saí prum happy-hour com um camarada meu que trabalha com a Morena da Escada, uma personagem antiga e querida desse blog.

Como faz tempo que eu não como aquela vadia, perguntei ao sujeito como andava a mulata-morena.

O sujeito riu e disse:

- Ela foi a que mais se deu bem no escritório! Tá ganhando mais que os advogados, e olha que ela é só estagiária!

Perguntei se ela realmente era talentosa. Olha a resposta:

- Ô, deve ser mesmo. Tá dando pro dono do escritório, um advogado de 73 anos. Tinha a idade pra ser o avô dela. Toda terça e quinta os dois ficam o dia todo fora, fodendo. Só aparecem no trabalho, juntos, depois das seis da tarde. Pior que todo mundo sabe. Ela tá tirando a maior onda de primeira-dama na parada. Dá esporro nos outros, até em advogados mais antigos. Até a família do cara tá ciente, mas não faz nada.

Eu sabia que essa menina tinha futuro! :)))

Será que eu devo chamá-la pra sair de novo? Espero que ela, agora, pague a conta do motel...