Contos do Adamastor

Estorias surreais de pessoas irreais, contadas por um advogado ranzinza, carente, gentil e docil como um pequeno sagui silvestre. Nao recomendado para minorias intelectuais ou pessoas que se ofendem facilmente. Email: adamastor-em-gmail.com (sim, eu tenho um email do Google. Isso porque eu sou um nerd influente e poderoso)

1.7.04


No aniversario de um ano do Contos do Adamastor, quem me deu o melhor presente foi o Menguinho, mostrando que tem talento para ser vice, duas vezes, e ainda no mesmo dia (basquete e futebol). Nao fico feliz em ver a desgraca do Framengo, pois locupletar-se no sofrimento alheio nao eh algo nobre, ainda mais sabendo que esse time eh a unica alegria da patuleia (excluindo-se o tradicional 157). O que me regozija o coracao eh poder cantar aquele velho refrao: "vai, Flamengo, abre as pernas pro adversario...". Assim, agradeco ao Menguinho, ao Zico e ao So no Sapatinho pela graca alcancada. Continuem assim, encantando o mundo.