Contos do Adamastor

Estorias surreais de pessoas irreais, contadas por um advogado ranzinza, carente, gentil e docil como um pequeno sagui silvestre. Nao recomendado para minorias intelectuais ou pessoas que se ofendem facilmente. Email: adamastor-em-gmail.com (sim, eu tenho um email do Google. Isso porque eu sou um nerd influente e poderoso)

3.5.04

rápido comentário sobre a liberação das drogas



O assunto do momento é a liberação das drogas (eu ia escrever "descrimininalização", mas juro que não sei escrever essa palavra).

De uma hora para a outra, apareceu muita gente defendendo a liberação do cigarrinho do capeta e afins, como o "paulo otávio", a "keyla" e a "bala".

Olha, alguém para apoiar tamanha idiotice, só pode estar enquadrado numa dos três categorias abaixo:

a) um traficante, para justificar o seu "comércio";

b) um viciado/usuário (é a mesma coisa), para defender a sua cafungada;

c) um completo idiota, desses que acreditam em coisas absurdas como o governo do PT, esquema 4-4-2, brizolismo etc.