Contos do Adamastor

Estorias surreais de pessoas irreais, contadas por um advogado ranzinza, carente, gentil e docil como um pequeno sagui silvestre. Nao recomendado para minorias intelectuais ou pessoas que se ofendem facilmente. Email: adamastor-em-gmail.com (sim, eu tenho um email do Google. Isso porque eu sou um nerd influente e poderoso)

28.5.04

Carta aos leitores



Criançada,

Recebi alguns emails do Sr. Thiago Jóia solicitando a retirada de algumas fotos, que alegava serem suas.

Contudo, como é de meu costume democrático, pedi que ele determinasse quais fotos eram suas e de qual site elas teriam saído, sendo esse elemento indispensável para caracterizar a sua propriedade.

Recebi uma resposta com milhões de gírias de surf misturadas com internetiquês e algumas ofensas e, pelo pouco do que compreendi naquele emaranhado de lesões a NCLP e a educação ocidental, tratava-se das fotos do Tommy Pennis.

Esclareço aos leitores fiéis e ocasionais desse endereço que todas as fotos que recebo são enviadas por email por amigos e clientes dessa casa. Se o verdadeiro proprietário aparecer e pedir educadamente a mim a devida retirada, acatarei sem mais delongas.

Eu admito que me xinguem, que digam que meu popozão malhado seja magro, o que quer que seja. Só não gosto de que ameacem e importunem os meus poucos e queridos leitores, que são a razão de existência desse blog (nota: essa frase é totalmente falsa e cínica. Serve apenas para utilizar a simpatia dos leitores contra o ofensor péla-saco retrocitado.Não caiam nessa, por favor).

Além disso, eu até evito discutir direito com essa geração internet. Não que eu saiba muito sobre o tema. Ao contrário, eu me formei graças aos Resumos de DIreito Civil do festejado Maximilianus Fuhrer (média de 20 real nas boas lojas do ramo). Só acho que, se você disponibiliza na Internet fotos em situações esdrúxulas, está abrindo mão da defesa de sua honra e de sua intimidade. Essa é a minha opinião.

Assim, retirei as fotos relativas ao personagem Tommy Pennis.

As fotos se vão, mas o personagem persiste em nossos corações e na lembrança de todos aqueles que eram cativados pelo seu olhar perdido e solitário.

Atenciosamente,

Adamastor Rogério da Silva.