Contos do Adamastor

Estorias surreais de pessoas irreais, contadas por um advogado ranzinza, carente, gentil e docil como um pequeno sagui silvestre. Nao recomendado para minorias intelectuais ou pessoas que se ofendem facilmente. Email: adamastor-em-gmail.com (sim, eu tenho um email do Google. Isso porque eu sou um nerd influente e poderoso)

18.2.04

momento de reflexão



Quando eu me encontro naqueles dias de depressão e baixa auto-estima, eu dou uma esticada ao Pampa Grill, onde sou tratado como um popstar por toda aquela corja de rameiras, mindingas, pistoleiras, cachorras, messalinas, vadias, barangas, putas-velhas, petistas, indies, maconheiras, secretárias, mamelucas, solteironas, gordas-de-lycra, mulheres-de-cabelo-ruim e obviamente, aquelas que "moram mal".

Às vezes, só essas criaturas das trevas é que te dão o valor que o mundo te renega.