Contos do Adamastor

Estorias surreais de pessoas irreais, contadas por um advogado ranzinza, carente, gentil e docil como um pequeno sagui silvestre. Nao recomendado para minorias intelectuais ou pessoas que se ofendem facilmente. Email: adamastor-em-gmail.com (sim, eu tenho um email do Google. Isso porque eu sou um nerd influente e poderoso)

5.8.03

Falando nisso, tenho um amigo que trabalha na Embratel.

Apostei "um galo" (uma nota de cinquenta, na gíria dos office-boys, favelados e baixa-renda) que comeria a Presidente da empresa, aquela mexicana-bailarina.

Tem gente, por sua vez, apostando que eu vou perder. Até o meu porteiro, Seu Bobinho, entrou no bolão.

Mas eu acredito ainda no poder da minha lábia e na minha linguinha frenética.