Contos do Adamastor

Estorias surreais de pessoas irreais, contadas por um advogado ranzinza, carente, gentil e docil como um pequeno sagui silvestre. Nao recomendado para minorias intelectuais ou pessoas que se ofendem facilmente. Email: adamastor-em-gmail.com (sim, eu tenho um email do Google. Isso porque eu sou um nerd influente e poderoso)

13.6.03

Querido Diário: Meu Dia dos Namorados



Desde que separei do amor da minha vida, aliás, desde que aquela mulher me deu um pé na bunda, dizendo que eu era "meloso demais" e que a estava "sufocando", o dia 12 de junho tornou-se uma data para chorar bêbado abraçado à alguma stripper daquelas boates da Princesa Isabel.

Ontem, tentei fazer algo mais cabeça. Botei um som maneiro, um Portishead, que não é música pra patuléia, pros flamenguistas e pros porteiros (pleonasmo intencional, por favor) e resolvi estudar.

Como bom causídico, sempre procuro atualizar meus conhecimentos, o que me ajuda a tirar "um qualquer" dos meus fiéis clientes.

Peguei um livro de Direito Penal e abri numa página que, pasmem, tinha tudo a ver com o Dia dos Namorados:

Induzimento, instigação ou auxílio a suicídio

Art. 122 - Induzir ou instigar alguém a suicidar-se ou prestar-lhe auxílio para que o faça:

e, mais ainda:

Aborto provocado pela gestante ou com seu consentimento

Art. 124 - Provocar aborto em si mesma ou consentir que outrem lho provoque:

Suicídio e aborto. Dois temas tão diversos, mas que tinham tudo a ver com essa data comemorativa.

Foder e morrer. São essas as consequências do namoro. Só nos comerciais da C&A e nas comédias da Reese Whiterspoon (que tem belos peitinhos, por sinal), os romances são tão perfeitos, puros e felizes.

Me deprimi com tudo isso. Pensei em fazer o meu tradicional, clássico e secular esquema "pizza+puta", mas desisti, nessa data, o disk-puta fica mais congestionado que o disk-pizza.

Lembrei-me, então, do meu cliente, o Pierre, um rico péla-saco francês, que apesar de chato pracaralho, paga em dia e é mão-aberta.

O puto estava solteiro, e era a companhia ideal para uma noitada.

Não pensem em viadices, meus leitores.

Continuo amanhã.