Contos do Adamastor

Estorias surreais de pessoas irreais, contadas por um advogado ranzinza, carente, gentil e docil como um pequeno sagui silvestre. Nao recomendado para minorias intelectuais ou pessoas que se ofendem facilmente. Email: adamastor-em-gmail.com (sim, eu tenho um email do Google. Isso porque eu sou um nerd influente e poderoso)

24.6.03

Bons tempos

O Papa resolveu visitar o Brasil há alguns anos atrás, quando eu ainda estava na faculdade, que era católica.

Algumas madres tinham a esperança de trazê-lo para uma palestra.

Sabendo disso, eu espalhei uns cartazes avisando que o Papa iria se "apresentar" no auditório, com a participação dos Canarinhos de Petrópolis.

Coloquei ainda dia e hora desse megaevento.

A entrada, para as obras de caridade, seria um kg de sal.

A maioria das pessoas, obviamente, não levou a sério.

Mas o que teve de gente levando sal pra assistir o Papa, vocês não iriam acreditar...

O mais ridículo era a citação que eu fazia no início do anúncio, para justificar a coleta do sal:

"Dai sal às minhas crianças, para que sintam o gosto da vida".

Bispo Sebastião Temístocles Macalé.